Outros locais de exibição

EXIBIÇÃO NO BOTICÁRIO

Na entrevista que fizemos com a historiadora maricaense Maria Penha, ela nos contou de uma pequena atividade cinematográfica que teria acontecido também no começo do século XX. O boticário do Dr. João Dias de Souza Menezes, nascido em Maricá, era localizado na Fazenda da Serrinha em Bambuí. Dr. João estudou medicina no Rio de Janeiro e quando voltou à cidade natal, construiu o maior boticário de Maricá. Paralelamente à época do Cinema Fróes da Cruz, o doutor teria mantido em seu boticário máquinas que projetavam filmes da época do cinema mudo.

 

EXIBIÇÃO NA CASA DE REMÉDIOS CONDE MODESTO LEAL

Na década de 40, o empresário Conde Modesto Leal, juntamente com Alfredo Marins, fundou o hospital que era chamado Casa do Remédio. Para este local teria sido levado um cinematógrafo pelo Dr. Orlando de Barros Pimentel, responsável pelo hospital. Os pacientes com transtornos psiquiátricos, mulheres diagnosticadas na época como "histéricas", ou mesmo “loucas” internadas inclusive por depressão pós-parto assistiam pequenos filmes como parte do tratamento.



*Esta pesquisa foi realizada a partir de entrevistas, matérias de jornais e pesquisa bibliográfica que compuseram um primeiro conjunto de informações expostas aqui. Caso queira contribuir com sugestões, novos dados ou lembranças que acrescentem ou retifiquem algum dado, entre em contato por aqui. 

Comentários no Facebook